Não confunda casa de swing com balada liberal

Em Relação ao nosso post anterior “Casa de swing ou Balada liberal”.

Vamos ilustar melhor a idéia, imagens as vezes valem mais que mil palavras…rsrsrs

Digamos que um casal liberal tem a fantasia de dançar ao lado de outro casal e de repente elas no balcão do bar arriscam um “topless”, talvez um selinho e não passam disso…

Esta situação é muito comum em uma balada liberal.

casa-de-swing-02

Balada Liberal – Gatas curtindo, beijos, troca de carícias, Bi Feminino, parceiros olhando – Nada além disso, tudo muito light.

Digamos agora que o outro casal tem a fantasia de entrar em uma sala coletiva para curtir uma troca de casais, ou quem sabe ir para o canto escuro do cinema ou sala coletiva para ver sua esposa sendo acariciada por dois rapazes e quem sabe rolar algo inusitado por ali mesmo?

casa-de-swing-01

Casa de Swing – A possibilidade de realizar uma troca de casais ou menage é muito grande.

Ambas são situações muito comuns nestes dois estilos de casas noturnas (casa de swing e balada liberal), não sendo regra.

Tudo pode acontecer mas nada é obrigatório em uma casa de swing ou balada liberal.

By Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem autorização dos administradores do site.

Casa de Swing ou Balada Liberal

Quando você deve ter pensando em buscar na internet algum material sobre casa de swing, provavelmente deve ter se deparado com o termo “balada Liberal” e ao pesquisar um pouco mais deve ter percebido que é a mesma coisa.

Ou seja uma casa noturna onde os casais liberais vão para curtir a noite e praticar o swing, menage entre outras fantasias eróticas.

Em tese é a mesma coisa sim, porém existem algumas diferenças, e só frequentando algumas para sentir e ver qual a opção lhe agrada mais.

Casa de Swing

É o termo mais tradicional, no qual já existe no Brasil há mais de 20 anos, entre as casas já conhecidas o Marrakesh, Inner Club e o Enigma Club.

Balada Liberal

É algo mais recente com menos de 10 anos no mercado, entre elas estão a Nefertitti Club, Vogue Club e Libertá Club.

As casas acima citadas estão em ordem de tempo no mercado paulista.

O termo “balada liberal” veio com o intuito de amenizar a idéia de que, quem vai em uma casa noturna com a temática erótica, obrigatoriamente tem que ser swinger.

Prós: Isso funcionou e trouxe muita gente nova para a noite liberal, em geral um público jovem, bonito e desencanado.

Contras: Público não compromissado com a proposta do swing, curiosos e em certos momentos pessoas inconvenientes com os casais swingers de fato. Ex: Casal curtindo em uma salinha e os curiosos do lado de fora, gritando, rindo ou fazendo piadinhas sem graça.

balada-liberal-pista

Balada Liberal – O Publico curte o clima sensual, não necessariamente o Swing e o Menage

No máximo, a grande parte do público com o perfil de balada liberal arriscam um exibicionismo light na pista de dança ou balcão do bar.

Em relação as casas de swing, a proposta é destinada a quem curte o swing realmente, o menage ou as fantasias mais ousadas como o gang bang .

Sendo assim, um casal swinger de fato, que busca ter experiências com outros casais liberais, pessoas responsáveis e que buscam momentos discretos e de muito prazer, procuram casas que ainda mantém a real proposta do swing.

Óbvio que não é por que foi em uma casa de swing que será obrigado a fazer algo que não deseja, mas a idéia inicial é que se você está indo é porque busca o famoso “algo a mais”.

sexo-casa-de-swing

Casa de Swing – Local para pessoas afim de praticar o Swing e o Menage

Você pode estar se perguntando então qual o melhor local para mim?

a) Você quer uma balada onde tenha pessoas ousadas e animadas?

b) Porém não pensa em fazer a troca de casais, nem algo do gênero?

c) Sente-se confortável vendo um show de striptease, gogo dancers dançando no balcão?

d) Curte o clima sensual, no máximo uma troca de carícias?

O lugar ideal para você neste caso é a balada liberal.

Mas se você…

a) Você tem a intenção de praticar a troca de casais com casais de fato?

b) Está em busca de um parceiro(a) para o mênage?

c) Tem fantasias mais arrojadas como o gang bang e sexo grupal?

d) Respeita a filosofia swinger e ao ver um casal curtindo na salinha, não vai achar engraçado e fazer piadinhas desnecessárias, pelo contrário vai querer participar?

Então sem sombra de dúvidas o local ideal para você é uma casa de swing.

Como sempre procuramos dizer, o que postamos aqui não é regra, até porque pode acontecer algo bem light em casas de swing, assim como também pode rolar uma pegação daquelas em uma balada liberal. Por isso até um lema bem interessante é publicado e levado a sério no meio swinger: TUDO É PERMITIDO, PORÉM NADA É OBRIGATÓRIO.

Então faça seu roteiro e visite todas as casas noturnas que tiver condição e analise qual o melhor lugar para você.

By Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem autorização dos administradores do site.

Cinema no Swing

Cinema no Swing

Talvez uma das fantasias eróticas mais comum é transar em um cinema! Grande parte de quem se julga disposto a realizar fantasias sexuais tem esta como uma das primeiras em sua lista!

No entanto onde realizar essa fantasia erótica é o grande dilema de todos.

Veja algumas opções:

1) Cinema Normal – Uns beijos e uns abraços com sua esposa ou namorada tudo bem, porém algo mais se torna complicado por estar dividindo o espaço com menores de idade e pessoas que possivelmente não curtem algo mais liberal. Se ultrapassar limites pode até ser enquadrado em atentado ao pudor.

2) Cinemas no centro – Aqueles que passam filmes eróticos, em geral são de baixo nível, o odor do lugar é terrível, pela porta já dá para sentir, sem contar que dentro, o que rola é prostituição, drogas, gente mal encarada e vamos parar por aqui.

Confira a imagem abaixo, e tente imaginar, pleno centro de SP, 13h você e sua esposa de vestido curto, entrando em um cinema para curtir o swing, o menage ou o gang bang. Bem, o provável que só experimente o gang bang e o bukkake, pois será pouco provável encontrar outro casal afim de uma troca de casais.

Existem vários casais que de fato curtem este tipo ambiente, não julgamos as preferências, mas se procuramos um padrão mínimo de segurança, higiene e discrição, acreditamos que estes locais são impraticáveis.

cinema-centro
Cinema no centro de SP

Então a essa altura do campeonato você pode estar se perguntando, onde frequentar?

EXISTE SIM o cinema erótico ideal para um casal liberal: dentro de uma casa de swing ou clube de swing.

Algumas casas de swing e baladas liberais, possuem dentro de sua estrutura privativa muitos espaços recriados, entre eles, o CINEMA ERÓTICO.

a) Público – Realmente destinado a casais swingers, homens e mulheres liberais.

b) Segurança – O ambiente por estar dentro de uma casa noturna já é mais filtrado, com um público de interesses similares.

Além disso, na porta deste espaço sempre vai ter um segurança, que em casos de falta de respeito, discussões ou assédio em demasia por conta de algum single H (homem desacompanhado), entrará em ação.

c) Higiene – Sempre nas casas de swing existem equipes de limpeza, higienizando o local o tempo todo, é claro não vai ser 100% , pois é praticamente impossível uma festa com 250 casais (500 pessoas ou mais), com aquele famoso entra e sai, ter como higienizar o ambiente a cada 5 min. Além do fato que funcionários entrando e saindo a cada 5 min tiram totalmente a privacidade dos casais liberais que estiverem em ação.

casa-de-swing-cinema-erotico
Cinema Erótico do Inner Club

Um detalhe importante do cinema erótico nas casas de swing, é que você encontra nas paredes papel toalha, álcool gel para higiene rápida, até você ter acesso aos toaletes.

Quer saber mais sobre os ambientes das casas de swing? Acesse sempre nosso site.

Escrito por Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem a autorização dos administradores do site.

Glory Hole na Casa de Swing

Glory Hole

O Glory Hole são cabines privativas, porém possuem “buracos” na parede, destinadas ao uso dos casais e singles (homens ou mulheres).

Hoje em dia existem em vários formatos, algumas somente fechadas por cortinas sendo aberto a interação de todos.

Outros modelos de salas (glory-hole), são fechadas e proporcionam privacidade total ao casal liberal, muito indicado para os casais iniciantes no swing e no menage.

O casal swinger pode entrar na cabine (glory-hole), fechar a porta e ficar a vontade, podendo iniciar suas brincadeiras eróticas com luz baixa, de forma tranquila sem assédio nenhum. Se desejar ter um contato, basta se aproximar dos buracos.

Do outro lado pode ter um casal, uma mulher ou um homem afim de algo mais, a brincadeira pode ficar apenas na observação pelos buracos, nos toques e carícias ou pode seguir ao segundo nível.

Glory Hole na Casa de Swing
Glory Hole na Casa de Swing
Digamos que o segundo nível seria o sexo oral, além de toques mais íntimos com as mãos e com os famosos “dedinhos mágicos”. Se o casal quiser poderá ir além, até rolando propriamente o sexo através dos buracos.

Digamos que o sexo através dos buracos não oferece nenhum tipo de conforto, rolando posições inusitadas e desconfortáveis, mas o que vale nessa hora é o tesão de ambos os lados…

Glory Hole no Clube de Swing
Glory Hole no Clube de Swing
Acabando a brincadeira o casal poderá sair da salinha tranquilamente, sem saber quem estava do outro lado.

Para quem quer conhecer este tipo de cabine (glory-hole), mas tem o receio de ser assediado, algumas casas de swing possuem cabines com a opção de fechar os buracos por dentro da sala, somente abrindo se o casal liberal realmente quiser uma interação com quem está do lado de fora. Ex: Inner Club – Casa de Swing em São Paulo

Quer saber mais sobre o glory-hole, informações sobre as principais casas de swing do Brasil? Acesse sempre nosso blog.

Escrito por Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem a autorização dos administradores do site.

Valores nas Casas de Swing

Valores nas Casas de Swing

Quando falamos sobre o que praticam de valores nas casas de swing, muitos dizem ser absurdo, que os preços são abusivos e tudo mais.

Se este mesmo valor for comparado a baladas convencionais, barzinhos, ou mesmo em períodos de temporada na praia o valor não foge tanto do que é visto.

Em média uma noite em uma casa de swing de Domingo a Quarta de R$ 50,00 a R$ 70,00. Aos finais de semana este valor varia de R$ 90,00 a R$ 120,00

Agora analise da seguinte forma com os exemplos de passeios citados abaixo:

Se o casal for no MC Donalds / Burger King, na compra de dois lanches completos o custo médio é de R$ 45,00 a R$ 60,00.

Rodízio de Pizza (um bom) – R$ 40,00 por pessoa

Churrascaria – R$ 35,00 – R$ 50,00 por pessoa

Pernoite em hotel na praia – R$ 100,00 (3 estrelas).

Inner Club – Casa de Swing
Inner Club – Casa de Swing
Resumindo, não tem como ir numa CASA DE SWING, beber, transar a noite toda e querer gastar R$ 30,00 o casal.

A partir do momento que estamos criticando valores, falando que os donos de casa de swing são exploradores, precisamos ver se não existe equívoco de nossa parte ou falta de informações.

CURTIR é BOM – TRANSAR É GOSTOSO – Porém tudo tem seu preço.

Lucro existe, porém não é como todos pensam. O custo para manter um ambiente de alto nível, higiene e inovação é muito alto.

Não conhecemos nenhum MOTEL como exemplo que dê VIP para alguém? Alguém conhece?

Pense na estrutura da casa, com vários ambientes privativos, área social, pista de dança, bar, banheiros com tudo para sua higiene pessoal, sabonete liquido, papel toalha, água, anti-séptico bucal, álcool gel…

Sem contar a parte dos funcionários envolvidos, o segurança, manutenção, recepção, chapelaria, garçom, equipe de limpeza o tempo todo cuidando dos ambientes…

Outro item que vale a pena ressaltar é a localização das principais casas de swing, muitas delas se encontram em bairros nobres nas capitais o que também influencia nos custos.

Vip na Casa de Swing

VIP na Casa de swing ?

Por que é tão difícil conseguir um Vip na casa de swing ?

Uma boa parte dos casais acredita que uma casa de swing deve cobrar apenas o que for consumido, ou seja, o famoso “Vip na Casa de Swing”, e que além de tudo seja aplicado em todas as noites que a casa funcione. É algo impraticável considerando os altos custos para manter um estabelecimento comercial aberto, custos com funcionários, manutenção, impostos, atrações, inovações.

Obviamente que um empresário ao abrir uma casa de swing está visando lucros, é um negócio como qualquer outro, não abre por caridade ao Swing. Desta forma, tem que existir o lucro.

O que nunca é analisado por quem reclama, é que ao frequentar uma casa de swing, existe uma ampla estrutura e de alto padrão.

As casas de swing oferecem espaços como cabines com poltronas, salas com camas e muito mais onde os casais podem se relacionar entre si apenas, com outros casais, ou com pessoas desacompanhadas (homens e mulheres), até mesmo em grupo. Para existir esse conforto e estrutura houve um alto custo, além de uma manutenção que precisa ser diária, ou seja, ao pagar um valor na casa de swing como ingresso, você está pagando pela estrutura também, um verdadeiro parque de diversões adultas.

Por exemplo o Inner Club – Casa de Swing em São Paulo – Em sua estrutura possui como ambiente temático um Ônibus e um Elevador para estimular a fantasia erótica dos casais.

Onibus na casa de swing
Onibus na casa de swing
Ainda citando a casa de swing – Inner Club, a mesma não possui política de Vips mas em sua programação semanal, tem promoções todos os dias para os casais liberais que chegam mais cedo.

Afimd e ilustrar melhor a situação vai um exmplo bem conhecido entre todos que praticam a troca de casais, o menage, seja qual for a atividade.

O casal em uma casa de swing, após a “trepadinha básica”, claro vai correr ao toalete, só neste momento já vai estar utilizando grande parte da estrutura da casa, e ainda para sua higiene pessoal, vai utilizar sabonete liquido, papel toalha, água, anti-séptico bucal, álcool gel e etc.

Se você deve estar se perguntando copmo conseguir um vip na casa de swing, é possível, algumas casas tem esta politica, porém vale sempre a pena verificar se o que está sendo oferecido é interessante! Casas de swing com pouco público, vazias, ou qu enão prezam pela qualidade nos serviços, costumam ofececer o Vip como atrativo, com diz o ditado quando a esmola é demais, o swinger desconfia!

Casais Iniciantes e a primeira visita ao Inner Club

Casais iniciantes no Swing e o Inner Club

Como muitos casais iniciantes no swing e no menage tem muitas dúvidas de como proceder em sua primeira visita ao Inner Club – Casa de Swing / Clube de Swing em São Paulo, seguem algumas dicas.

O Inner Club possui vários ambientes que propiciam a prática do Swing (troca de casais) ou o Menage (sexo a três) sem muito esforço, lá o tudo acontece de verdade e sem enrolação. Quem frequenta esta casa de swing, sabe do que estamos falando.

Para os casais mais experientes o caminho é sempre mais fácil, pois já sabe a hora de aceitar e a hora de dizer não. Estes tipos de relacionamentos devem ser baseados em afinidades, não é por que a pessoa fez uma abordagem que você é obrigado a aceitar, ás vezes você pode até criar uma boa amizade e mesmo assim não quer dizer que partirá para um algo mais íntimo como a troca de casal ou o sexo a três.

Em outros casos pode nem saber o nome de quem está se relacionando, e tudo acontecer de forma rápida e prazerosa.

O primordial é entender que nem todos que estão na casa, estão prontos para praticar algo, ou que buscam pelo mesmo que você. Então o respeito é o item mais importante nessa hora.

cadeia-erotica
Cadeia Erótica
Abordagem no Swing

– Sorrir, cumprimentar e iniciar um bom bate papo

– Ser receptivo, mesmo que não tenha intenção de um algo mais. Não é porque não tem a intenção de fazer algo mais com a pessoa que vai tratar mal ou ser rude.

– No bate papo seja claro, honesto no que procura e não crie falsas ilusões.

– Se for abordar alguém com um toque, na pista de dança, nos corredores ou nas salas coletivas que seja de leve, sempre observando se a pessoa esta receptiva.

– Se recebeu um “Não”, um olhar de negativo, ou um leve empurrão em sua mão, entenda que a outra parte não está afim. Se insistir está sujeito a uma resposta desagradável.

– Ser educado, simpático e respeitar os limites de cada um.

Se você é do tipo que curte beber algo,e prefere um bom bate papo antes, aconselhamos ligar com antecêdencia na casa e efetuar uma reserva de mesa, caso apareça um casal ou single dentro do que procuram poderá convidá-los a mesa, para um bom bate papo.

Seguindo estes passos, com certeza ficará a vontade e tudo irá rolar de forma natural.

By Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem autorização dos administradores do site.

Ambientes da Casa de Swing

Saiba mais e explore todos os ambientes de uma Casa de Swing.

Pista de Dança – Casa de swing

Local para você dançar, se exibir, interagir e flertar com outros casais na pista. A partir disso o que vai acontecer é você quem decide.

Um bom bate papo, flertes, beijos e uma troca de carícias pode ser o início de um algo mais. Se rolou um clima mais erótico, basta procurar um dos ambientes da ala privativa e curtir a vontade.

Salas Coletivas – Casa de swing

Nestes ambientes o sexo acontece no aberto, e todos podem observar bem próximos, tocar, acariciar e até mesmo participar se for de comum acordo entre as partes. Se os participantes fizerem algum sinal de negativo, deve se acatar ao pedido e manter certa distância, afim de evitar constrangimentos.

Dentre os ambientes coletivos podemos destacar a Sala Coletiva, Cinema Erótico, Labirinto e o Bus Inner (onibus do prazer).

Lembrando que o Labirinto é restrito somente para casais, não sendo permitida a entrada de pessoas desacompanhadas.

casa-de-swing-sala-de-casais

Sala de Casais – Casa de swing

Salas Privativas – Casa de swing

Temos vários tipos de salas do gênero, entre elas:

Cabines Fechadas – Ambiente totalmente fechado, ao entrar a privacidade é total, sem pontos de observação para quem está do lado de fora, no máximo ouvir os gemidos e imaginar o que acontece pelo lado de fora.

Cabines com Treliças – Ambiente fechado, possui treliças, cortinas e controle de luz. O casal pode controlar se quem está do lado de fora pode ver ou não o que está rolando dentro da sala.

casa-de-swing-trelicas

Cabine Privativa – Casa de Swing

Para quem está começando e quer apenas se exibir, pode usar a sala apenas a dois, deixando a cortina aberta e luz acesa, dessa forma quem está do lado de fora poderá apreciá-los. Se achou que é o momento certo de convidar quem está observando a participar da festinha, fique a vontade.

Cabines de Glory Hole – Ambientes Fechados onde existem buracos na parede.

Nestes buracos pode rolar o voyeurismo (observação), sexo oral até mesmo o sexo de fato.

casa-de-swing-glory-hole

Glory Hole no Swing

Para casais que desejam iniciar no menage masculino é uma boa opção, pelo anonimato que a sala proporciona. Nestes ambientes o assédio masculino é sempre grande, portanto se o casal tem essa fantasia, pode entrar na cabine apenas os dois e deixar a esposa se acariciada pelos buracos, o segundo passo seria o sexo oral, caso sentirem que quem está do lado de fora é o que procuram podem convidar a participar da brincadeira dentro da sala. Isso também pode ocorrer com outro casal que esteja do lado de fora.

Primeira vez em uma Casa de Swing

Uma das das maiores dúvidas dos casais iniciantes no swing é de como proceder e se comportar em uma casa de swing.

Muitos acham que ao chegar em uma casa de swing, logo de cara, irão presenciar uma verdadeira orgia na pista de dança, pessoas transando em cima das mesas e que ninguém é de ninguém. Claro que se fosse dessa forma seria uma visão assustadora para quem está indo pela primeira vez em uma casa do gênero, talvez até para casais liberais já com certa experiência.

sexo-pista-danca-casa-swing

Sexo na Pista de Dança – Casa de Swing

Fiquem tranquilos, pois isso não acontece, nem é permitido, portanto não é algo em que precisam se preocupar e tirar da lista dos desejos. Porém, como a coisa pode rolar e como pode acontecer uma primeira vez que é a questão mais importante.

É sempre bom lembrar que as casas de swing, possuem lugar apropriado para que o sexo aconteça, seja o swing (troca de casais), o menage que é a pratica do sexo a três, até mesmo o sexo grupal. Desta forma como existem ambientes mais privados, não existe a necessidade de tudo acontecer as claras, pois o lado social faz parte do swing também, seja o bate papo, um flerte na pista de dança, beber um drink com amigos, além de fazer novas amizades.

sensualidade-pista-danca-casa-swing
Sensualidade na pista de Dança – Casa de Swing

O que vamos tratar aqui neste blog não é regra, nem aplicável a todos os casos, porém pode servir de esclarecimento ou auxílio para casais iniciantes no swing.

By Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem autorização dos administradores do site.

Está pensando em ir em uma Casa de Swing?

Não sabe por onde começar?

Segue algumas dicas básicas:

1) Pesquise sobre quais casas de swing tem em sua região, consulte o site, facebook, twitter e veja a proposta que mais lhe agrada.

Se não tiver muitas opções, ou nenhuma em sua região, ao pensar em suas férias de verão ou nos feriados prolongados, marque sua viagem para uma cidade que tenha alguma casa de swing, em geral as grandes cidades ou capitais.

Muitos casais que moram em cidades pequenas, deixam para curtir apenas quando viajam para as capitais, pelo fato de ter sua privacidade totalmente garantida.

2) Veja sua programação e se existe um dia mais indicado aos casais iniciantes no swing.

3) Finais de semana são mais lotados, porém uma festa com mais de 150 casais liberais pode ao contrário do que pensam ser bom, assustar o casal iniciante. Talvez um dia mais tranqüilo, no meio da semana seja mais indicado para quem vai pela primeira vez.

4) Veja quais ambientes a casa de swing possui, se possui áreas privativas, caso o casal fique excitado com tudo que observou, podem curtir a dois em uma cabine fechada, sem interferência de outros casais swingers ou pessoas desacompanhadas.

5) Estando na casa de swing circule por todos ambientes, observe os outros casais swingers, como abordam os outros casais, como se comportam, e se tiver oportunidade de conversar eles, faça-o.

Não tenha medo de dizer que é iniciante e que está ali por curiosidade, e muito menos tenham medo de dizer NÃO se alguém tentar algo no qual você não esteja afim.

swing-ou-troca-de-casais
Swing – Troca de Casais

6) Vale a pena chegar cedo, aproveitar a pista de dança, ver os shows de striptease e todo o resto.

7) Muitas casas de swing possuem promoções e flyers com descontos, se informe sobre.

8) Reservas em geral não são necessárias, mas se vocês gostam de beber algo, é bom ligar com antecedência de alguns dias e fazer uma reserva de mesa.

A principio a idéia é essa, em momento nenhum estamos falando, para o casal ir e já sair transando com todo mundo que passar na frente, muito pelo contrário, tudo a seu tempo.

Conversem em casa antes sobre o assunto, definam quais os limites de cada um e para qual propósito estão indo. Se estiver tudo bem combinado, boa sorte e bom divertimento.

Quer saber mais sobre os Casas de Swing? Acesse sempre nosso blog.

Escrito por Erotikos

Proibida a utilização parcial ou total de qualquer material deste site, sem a autorização dos administradores do site.